Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS | 20 Set 2022
D. Augusto César homenageado
No ano da celebração das suas bodas de ouro episcopais, D. Augusto César foi homenageado por várias pessoas e entidades.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

No dia 18 Setembro, Domingo, a comunidade paroquial de Fervença, Arciprestado de Celorico de Basto, homenageou o seu conterrâneo, D. Augusto César, que celebrou bodas de ouro episcopais.

O Pároco de Fervença, Padre Francisco Medeiros, convidou a comunidade paroquial, familiares de D. Augusto César, a Congregação da Missão, Junta de Freguesia, Câmara Municipal e todas as autoridades civis e militares do Concelho de Celorico de Basto a associarem-se à homenagem.

A homenagem contou com a celebração da Eucaristia às 15h00 na Igreja Paroquial do Divino Salvador de Fervença. A Eucaristia foi presidida por D. Augusto César e concelebrada por D. José Manuel Garcia Cordeiro, Arcebispo Metropolita de Braga, pelo Pároco, Padre Francisco Medeiros, pelos três Sacerdotes naturais da paróquia Fervença, pelos Párocos do Arciprestado de Celorico de Basto e pelos Sacerdotes da Congregação da Missão.

Terminada a Eucaristia, a Paróquia de Fervença, na pessoa do seu pároco, manifestou o seu regozijo pelos 50 anos de Bispo do seu conterrâneo, entregando várias lembranças a D. Augusto César, assim como o Arciprestado de Celorico de Basto, que também demonstrou o seu apreço pelo homenageado através de uma lembrança. 

A Junta de Freguesia de Fervença endereçou ao homenageado uma saudação em nome de todos os habitantes da freguesia, simbolizada num presente em nome de todos. A Câmara Municipal de Celorico de Basto, através do seu presidente, José Peixoto Lima, atribuiu a medalha de ouro do Município a D. Augusto César.

O Bispo manifestou a sua alegria e gratidão a toda a comunidade paroquial de Fervença, sua terra natal, sublinhando a vivência da fé na sua infância e juventude na comunidade, bem como a proximidade e solidariedade das pessoas da terra.

D. José Cordeiro, Arcebispo Metropolita de Braga, demonstrou, em nome da Arquidiocese de Braga, a alegria e a importância do momento, como justa homenagem da sua terra natal e da sua Arquidiocese de origem e pelo momento único que ficará marcado em todas as crianças, adolescente e jovens de Fervença.

Seguiu-se um lanche convívio no adoro da Igreja, culminado com o cantar dos parabéns e o partir do bolo.

D. Augusto César Alves Ferreira da Silva nasceu no lugar de Paredes, freguesia de Fervença, concelho de Celorico de Basto, Arquidiocese de Braga, no dia 15 de Março de 1932. 

Em 1946 foi recebido na Congregação da Missão, Padres Vicentinos, no seminário de S. José, em Felgueiras. Foi ordenado como sacerdote a 24 de julho de 1960.

Partiu para Moçambique, onde esteve ligado à formação nos seminários. Em Julho de 1970 foi chamado a desempenhar o cargo de provincial da sua Congregação.

Foi ordenado Bispo em 1972, tomando posse como Bispo da Diocese de Tete, Moçambique. Tendo resignado como Bispo de Tete, recebeu do Papa a nomeação para Bispo de Portalegre-Castelo Branco, Portugal, assumindo essa missão de 26 de Novembro de 1978 a 22 de Abril de 2004. Desde então, na condição de Emérito, vive na casa das Filhas da Caridade, de S. Vicente de Paulo, em Fátima.

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190