Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS | 1 Set 2022
Arco de Baúlhe acolheu encontro das 7 Senhoras
Lenda das Sete Senhoras foi, em 2020, carimbada com o selo das 7 Maravilhas da Cultura Popular.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

No âmbito da Lenda das Sete Senhoras, que em 2020 foi carimbada com o selo das 7 Maravilhas da Cultura Popular, no dia 15 de Agosto, em Arco de Baúlhe, pela primeira vez aconteceu o Encontro das Sete Senhoras organizado em conjunto pela Associação dos Festeiros do Arco e Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios.

Segundo esta lenda, muito popular no culto mariano, existem Sete Senhoras que vivem em torno da região, vigiando as terras e as suas gentes e que, devido ao local onde se encontram construídos os seus templos de veneração, se conseguem avistar umas às outras, nunca se perdendo de vista. 

As Sete Senhoras que protagonizam esta lenda popular são: a Senhora da Graça (Vilarinho, Mondim de Basto), a Senhora dos Remédios (Arco de Baúlhe, Cabeceiras de Basto), a Senhora do Viso (Caçarilhe, Celorico de Basto), a Senhora das Neves (Lagoa, Fafe), a Senhora das Graças (Carvalhosa, Cabeceiras de Basto), a Senhora da Orada (Alvite, Cabeceiras de Basto) e a Senhora do Porto (Porto D´Ave, Póvoa do Lanhoso).

A imagem de Nossa Senhora dos Remédios, venerada no Santuário no Arco de Baúlhe, deveria ser transportada ao ponto mais alto da freguesia para avistar as suas "seis irmãs". 

Assim, no dia 15 de Agosto, Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, a lenda ganhou corpo com o encontro das Sete Imagens. Começou com o espique de duas bandas filarmónicas pelas 15h00 e às 16h00 o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios recebeu as imagens que peregrinaram dos santuários, seguindo-se a procissão com as sete imagens até ao lugar da serra onde se fez a Consagração a Nossa Senhora. 

D. Nuno Almeida, Bispo Auxiliar de Braga, referindo-se aos tempos actuais, em que existem novos medos, disse que o carinho e devoção, próprioss das gentes do Minho, devem deixar-se tocar, fazendo pedidos e entregando-se a Nossa Senhora.

O Bispo Auxiliar deixou ainda um apelo, observando que não existem limites para os sonhos, assim como não existem limites para a força de Deus.

"Se Deus nos deu mais um dia é porque ele nos deu também mais uma oportunidade para que cada um faça o possível para alcançar tudo aquilo que deseja. Nós desejamos a paz!", terá dito.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190