Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com VOA em Português | 3 Mai 2022
Bispo de Pemba pede para Cabo Delgado não cair no esquecimento
D. António Juliasse Ferreira Sandramo pediu o apoio de todos e que todos orem por Cabo Delgado.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © VOA

O bispo de Pemba pediu neste domingo à comunidade internacional para não se esquecer da província moçambicana de Cabo Delgado. D. António Juliasse Ferreira Sandramo diz que a situação de segurança ainda é delicada e que a população deslocada precisa muito de ajuda humanitária.

Numa celebração na Sé Catedral de Maputo em homenagem e despedida ao novo responsável da diocese de Pemba, no norte de Moçambique, o sacerdote pediu o apoio de todos e que todos orem por Cabo Delgado. “A insegurança prevalece, os deslocados internos ainda são muitos. Eu, pessoalmente, peço-vos, vós que me conheceis, a oração. A oração por mim, e a oração pela paz”, disse o bispo.

À VOA, o Bispo de Pemba explicou que Cabo Delgado ainda está mal e que a população deslocada precisa muito de ajuda: “Continua a haver ataques. Sobretudo na região de Nangade, muitas aldeias foram atacadas, nos últimos 3 meses. Estamos atentos a esta situação. E nós, como Igreja, só podemos ajudar humanitariamente aqueles que se movimentam de um e para o outro lugar. A questão de segurança está nas mãos do Governo e dos parceiros internacionais”.

Os terroristas destruíram infra-estruturas sociais e económicas, sobretudo nos distritos do norte de Cabo Delgado, incluindo igrejas e residências pertencentes aos religiosos católicos. 

O bispo de Pemba diz que, por enquanto, ainda não há planos para reconstruir essas infra-estruturas.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190