Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Fátima Missionária | 23 Set 2021
Europa e Grécia abrem instalações para refugiados em “local totalmente remoto”
Médicos Sem Fronteiras afirmam que a nova estrutura contribui para "desumanizar e marginalizar” pessoas que fugiram em busca de protecção e segurança.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Lusa

A União Europeia e o governo grego abriram este mês um novo centro para requerentes de asilo em Zervou, na ilha grega de Samos, um local que os Médicos Sem Fronteiras (MSF) consideram “totalmente remoto”.

Segundo a organização humanitária, “não há dúvida de que este novo centro irá apenas desumanizar e marginalizar ainda mais as pessoas que procuram protecção na União Europeia”.

A MSF afirmam que “milhões de euros foram gastos na construção desta instalação que possui cercas de arame farpado de nível militar e sistemas avançados de vigilância”, com o propósito de “deter pessoas cujo único ‘crime’ é procurar segurança e estabilidade”. Para além das “rejeições em massa de pedidos de asilo, este novo centro é outro símbolo da rejeição total dos refugiados e do seu direito de procurar asilo”, alerta a organização humanitária.

Os Médicos Sem Fronteiras explicam que “há meses” que os pacientes que recorrem à sua clínica em Samos demonstram o “medo de ficarem presos no novo centro, sentindo-se completamente abandonados e desamparados”. Para as pessoas que “sobreviveram à tortura, o novo centro altamente controlado significa não apenas a perda de liberdade, mas reviver experiências traumáticas do passado”, diz a organização.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190