Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
MATEO GONZÁLEZ ALONSO | 6 Dez 2023
O seminário de Braga: a excepção ibérica?
O Seminário de Braga foi o tema do artigo da Vida Nueva Digital
PARTILHAR IMPRIMIR
  © FazSentido - Seminário Arquidiocesano Braga

Entrar na capela ‘Cheia de Graça’, assim chamada por ser dedicada à Imaculada Conceição, no seminário menor da Arquidiocese de Braga (Portugal), é como regressar a uma espécie de ventre materno. Uma moderna abóbada de madeira e concreto no interior da igreja clássica funciona como um coro alto, suspenso no entorno para que os seminaristas possam desenvolver sua vocação de servir a Igreja a partir do ministério ordenado.

Para quem entra pelo exterior, chegar ao coração do templo envolve o esforço de subir uma pequena encosta num ambiente natural de pedra e madeira. E perto dos seminaristas, sempre, numa das cadeiras da primeira fila, há uma figura que parece ser uma senhora portuguesa de qualquer aldeia e que é – nem mais nem menos – que uma estátua de tília de Nossa Senhora. .de humildade. Uma mulher vestida com um terno preto liso com cabelos castanhos segurando uma simples coroa de metal nas mãos. Um apelo à atenção aos futuros sacerdotes, chamados a doar-se ao Povo de Deus com humildade como atitude vital convertida em devoção durante a sua fase formativa.

Esta proposta não surpreende apenas quem a aborda. O Seminário Conciliar de São Pedro e São Paulo da Arquidiocese do Primado de Espanha – e que conta com três instituições com o nome de ‘seminário’ sem sair da cidade de Braga – embarcou no caminho da sinodalidade antes de surgirem as últimas atualizações à Ratio Studiorum do Vaticano. Mais de trinta seminaristas estão actualmente a formar-se neste centro de referência para as dioceses do norte de Portugal e até algumas de Cabo Verde. A manutenção da tradição do rito litúrgico bracarense ou das devoções ao Bom Jesus do Monte não está em contradição com a resposta aos actuais desafios da Igreja no que diz respeito ao seminário.

Uma ilha

Um centro em que a arquitectura dos espaços de oração – na Capela da Árvore da Vida dir-se-ia que qualquer pessoa pode levitar sem ser místico – ou os desenhos únicos das vestes litúrgicas procuram ser uma expressão humana, teológica e espiritual que se oferece a partir deste seminário, que parece uma ilha dentro do panorama habitual deste tipo de centros na Península Ibérica, pode-se mesmo dizer que esta é a verdadeira 'exceção ibérica' que não exige a presença de um representante apostólico Visitante.

O reitor do seminário maior é o padre Vitor Novais, especialista na relação entre Teologia e Humanidades e em acompanhamento espiritual. Ele minimiza a questão e foge de quem possa elogiar o trabalho realizado nesta comunidade formativa. “Não fazemos nada de especial, a única coisa que fazemos é traduzir a proposta da Igreja para os tempos que vivemos”, confessa a Vida Nueva.

Para o reitor, “neste exercício de tradução, é normal que cada Igreja particular tenha uma série de sotaques, alguns modos que melhor respondem aos desafios que se colocam”. Embora a normalidade possa não ser tal entre quem circula nestes ambientes. Por exemplo, este seminário português celebrou o 450º aniversário da sua fundação, há um ano, com uma série sobre a figura dos padres no cinema.

Desafie os estilos de vida atuais

“A nossa especialidade é sempre ouvir a voz do Espírito em cada momento da história”, confessa Novais, antes de simplesmente insistir que no seminário bracarense “nada de especial se faz senão ouvir o que o Espírito nos pede sobre como ser Igreja hoje". Nesta tarefa, o reitor espera “não perder de vista o horizonte de quem é o sentido da fé: Jesus Cristo”.

“Não há seminário fora deste horizonte”, sublinha o sacerdote, que atualmente também é responsável pela pastoral vocacional da arquidiocese. Isto implica também garantir que os futuros sacerdotes, dois mil anos depois, continuem hoje a “tocar e a comover os corações das pessoas como Jesus”, tentando desafiar os estilos de vida atuais e que, “em muitas ocasiões, “dificultem a transmissão da fé”. 

Artigo publicado por Vida Nueva Digital em 1 de dezembro de 2023.

PARTILHAR IMPRIMIR
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui