Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS | 19 Out 2022
Combater a fome com fraternidade, diz o Papa ao Fórum Mundial da Alimentação
Combater a fome “não é simplesmente alimentar o outro, mas entregar-se ao serviço dos outros”, diz Francisco.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

O Papa Francisco pediu o uso da fraternidade, da solidariedade e da centralidade da pessoa humana como principais ferramentas na luta contra a fome.

Combater a fome “não é simplesmente alimentar o outro, mas entregar-se ao serviço dos outros” num espírito de “fraternidade e solidariedade que deve inspirar as relações entre os indivíduos e entre os povos”, disse o Papa Francisco numa mensagem aos participantes da 2ª edição do World Food Forum (WFF) que acontece em Roma, de 17 a 21 de outubro.

O fórum da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), com sede em Roma, está a concentrar-se em “Ação da Juventude”, “Ciência e Inovação” e “Investimento”.

Desde que foi criado, o fórum organizou eventos sobre temas como política, inovação, educação, culinária e artes e envolveu milhares de jovens e defensores da juventude de todo o mundo para criar um espaço onde as vozes dos jovens sejam ouvidas e as suas ideias possam ser transformadas em ação.

O Papa destacou que Cristo nos desafia a tomar decisões e a promover iniciativas para o bem e o futuro de toda a humanidade, especialmente num momento em que as estatísticas da ONU mostram que o conflito, a pandemia de COVID-19, a crise climática, os custos crescentes e a inflação combinam para deixar cerca de 828 milhões de pessoas famintas em todo o mundo – 46 milhões a mais do que em 2020 e 150 milhões a mais do que em 2019.

 

Um sinal concreto da bondade do Criador

Francisco exortou os participantes a comprometerem-se e a esforçarem-se todos os dias para erradicar a fome e a pobreza no mundo.

“A comida é fundamental para a vida humana, de facto, ela partilha da sua sacralidade e não pode ser tratada como qualquer outra mercadoria”, disse, acrescentando que “a comida é um sinal concreto da bondade do Criador e dos frutos da terra” como “o próprio Cristo, na Eucaristia, se tornou pão, pão vivo para a vida do mundo”.

Por isso, o alimento deve ser respeitado como o lugar preeminente que tem na vida humana e “além da preocupação com sua produção, disponibilidade e acesso”, devemos estar conscientes de que é “um dom de Deus do qual somos meros comissários”, disse.

Isto deve “focar-se no ser humano como tal, considerado na sua integridade e levando em conta as suas reais necessidades, em particular aquelas que carecem do sustento básico para a sobrevivência”, disse o Papa Francisco.

No nosso período de crises interligadas, a mensagem de Cristo desafia-nos a “reconhecer e garantir a centralidade da pessoa humana”, disse Francisco, confiando a Deus os frutos do encontro, “para que as iniciativas e decisões que contribuam para o bem e o futuro de toda a humanidade posaam aumentar”.

Enquanto a mensagem do Papa Francisco foi lida em seu nome, muitos líderes globais participaram pessoalmente na cerimónia de abertura. O presidente Xiomara Castro de Honduras pediu que o fórum apresente soluções holísticas para erradicar a fome a curto e médio prazo. O Presidente Duda, da Polónia, elogiou o compromisso dos jovens com a transformação dos sistemas alimentares para os tornar mais responsivos às necessidades da humanidade.

consumido e mitigando uma crescente crise alimentar global.

O diretor-geral da FAO, QU Dongyu, destacou o papel crucial dos jovens na procura de soluções e na criação de caminhos futuros sobre como os nossos alimentos são produzidos, entregues e consumidos e na mitigação de uma crescente crise alimentar global.

“Vocês criaram um movimento global conosco. Vocês estão a fazer as vossas vozes serem ouvidas e sentidas dinamicamente. Vocês estão a incitar e liderar ações reais. A inovação e o pensamento baseado em soluções de jovens amigos e apoiantes dão-me a confiança de que estamos no caminho certo caminho”, disse Qu.

Artigo do La Croix International, publicado a 18 de outubro de 2022.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui