Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS com La Croix International | 12 Mai 2022
Jovens cristãos da Europa encontram colegas na Terra Santa
A Comunidade de Taizé levou centenas de jovens cristãos da Europa à Terra Santa para uma peregrinação de uma semana “à fonte da esperança”.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

Os famosos cânticos de Taizé ressoam esta semana nas igrejas de Jerusalém, Belém e Nazaré, enquanto cerca de 300 cristãos europeus com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos peregrinam pela Terra Santa sob o duplo sinal do encontro e da esperança.

Este encontro internacional é parte das “peregrinações de confiança”, lançadas há mais de 30 anos pelo falecido Irmão Roger Schütz, fundador da Comunidade de Taizé, e pelo Irmão Alois Löser, actual prior da comunidade ecuménica em França.

A Comunidade de Taizé organizou a sua primeira peregrinação ao Médio Oriente em 2019, nomeadamente para o Líbano.

Com base no sucesso dessa empreitada, os irmãos da comunidade decidiram organizar uma nova peregrinação à Cisjordânia para Maio de 2022.

 

Uma peregrinação ao encontro dos cristãos do Médio Oriente

O encontro actual foi organizado em colaboração com as Igrejas da Terra Santa e o Instituto Ecuménico Tantur de Jerusalém.

É fruto de 40 noites preparatórias de oração e reflexão durante as quais ortodoxos gregos, ortodoxos arménios, católicos de vários ritos, luteranos e anglicanos – de França, Israel e Cisjordânia – se prepararam para acolher os jovens.

Os peregrinos estão alojados em várias casas, nomeadamente em Belém, terra natal de Jesus Cristo.

Os cristãos da Terra Santa que estão próximos da Comunidade de Taizé foram convidados através do Facebook a “oferecerem aos seus hóspedes uma experiência de vida mais autêntica na Cisjordânia” e a “participar no programa, durante o fim-de-semana na Galileia, ou sempre que puderem”.

Esta peregrinação pretende dar a estes jovens a oportunidade de descobrir as várias faces do cristianismo no Médio Oriente.

Irão encontrar-se com outros jovens adultos da Terra Santa, professores da École Biblique de Jerusalém e vários patriarcas da Igreja.

 

Focados na Esperança

Os peregrinos de Taizé tiveram a oportunidade de se encontraren esta segunda-feira com o Patriarca Ortodoxo Grego Teófilo III, que lhes contou sobre a história de Jerusalém e a importância da unidade religiosa nesta região do mundo.

Durante a semana, os jovens serão convidados a aprofundar a compreensão do tema: “Caminhando juntos às fontes da esperança”.

Também terão debates, workshops e visitas a locais bíblicos para ajudá-los a reflectir sobre a virtude teologal da esperança, esse “motor que impulsiona a agir, especialmente onde a injustiça é galopante”.

O irmão Richard, um dos membros da Comunidade de Taizé que acompanha os peregrinos, disse ao La Croix que o ponto alto da visita de uma semana foi uma oração matinal especial na terça-feira.

“Jovens de Belém e Jerusalém, de ambos os lados do muro, juntaram-se aos peregrinos para participar na oração”, disse.

"Em geral, as pessoas ficam muito emocionadas ao ver-nos porque entendem que não estamos ali apenas para admirar as pedras e os lugares, mas para rezar com eles”, disse o irmão Richard. “É importante que estes jovens percebam as dificuldades enfrentadas pelos cristãos nesta parte do mundo”, sublinhou.

 

Artigo de Alice Clavier, publicado no La Croix International a 11 de Maio de 2022.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Taizé  •  Jovens  •  Médio Oriente  •  Israel  •  Palestina  •  Belém  •  Peregrinação  •  Oração
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui