Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS com Vida Nueva Digital | 4 Mar 2022
O Sínodo das Mulheres: fase diocesana em Espanha revela 70% de participação feminina
O balanço do caminho percorrido até agora nas dioceses foi elaborado com as respostas ao questionário que enviou a equipa sinodal da CEE.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

70% de mulheres e idade média entre 55 e 60 anos. Este é o perfil revelado pela Conferência Episcopal Espanhola dos participantes da fase diocesana do Sínodo da Sinodalidade.

É que, conforme relatado pela CEE, na terça-feira passada os responsáveis ​​por esta fase realizaram uma nova reunião conjunta com um duplo objectivo: fazer um balanço de como o processo sinodal se está a desenvolver neste período intermédio e especificar como concluir o processo nas dioceses e a nível nacional.

O balanço do caminho percorrido até agora nas dioceses foi elaborado com as respostas ao questionário que a equipa sinodal da CEE enviou para traçar um panorama geral do caminho que a Igreja na Espanha está a percorrer.

Desta forma, definiram que “há um grande número de dioceses nas quais estão envolvidas mais de 100 paróquias”. Além disso, há “muitas dioceses que ultrapassam os 100 grupos e em várias, contabilizaram-se mais de 300”.

 

Dificuldade em alcançar aqueles que estão longe da Igreja

De acordo com os dados recolhidos nas dioceses, “não tem sido fácil chegar a pessoas distantes da Igreja”. No entanto, “tem sido possível envolver associações civis, membros de partidos políticos, prisões, abrigos, universidades e centros educativos, ou utentes de serviços como a Cáritas”.

Por outro lado, a pesquisa revela que “a maioria das dioceses trabalha numa tripla direcção: apresentar o que é o processo sinodal e o que implica com actividades em diferentes pontos da diocese, preparando os seus próprios materiais com base no Documento Preparatório do Sínodo e através de reuniões formativas”.

 

Avaliação geral

Quanto à avaliação do processo sinodal, “esta fase diocesana é praticamente unanimemente positiva, especialmente entre os leigos. Falamos de entusiasmo, interesse, alegria, novidade, oportunidade, ilusão e esperança”.

Da mesma forma, destacou-se especialmente o facto de “estar a ajudar a descobrir a corresponsabilidade, a necessidade do protagonismo dos leigos e a abrir novos horizontes de trabalho pastoral”.

Valoriza-se também positivamente “que está a servir para uma maior consciência da comunidade paroquial e de aproximação à Igreja”.

Nestes meses de trabalho, também foram detectadas algumas dificuldades a nível externo e interno.

“Em relação às primeiras, apontam para a integração da proposta sinodal nos ritmos, planos e projectos diocesanos que já estavam em andamento e a pandemia, que impediu a realização de reuniões agendadas e reuniões de grupo.”

Já internamente, “sobressai a falta de motivação, o desconhecimento do que é e implica a sinodalidade; as diferenças nos diálogos; e a dificuldade de chegar a quem está longe”.

 

Artigo de Elena Magariños, publicado em Vida Nueva Digital a 3 de Março de 2022.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Mulheres  •  Espanha  •  Sinodalidade  •  Sínodo  •  Participação  •  Comunhão  •  Missão  •  CEE
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui