Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS com Crux | 11 Out 2021
Antigo artista sem-abrigo, agora no palácio do Vaticano, pinta selos de Natal
Os selos de Natal do Vaticano estão entre os selos postais mais conhecidos do mundo. Este ano, a Sagrada Família e os Magos apresentados num selo têm uma história muito especial por trás, já que foram desenhados por um pintor residente num palácio do Vaticano que ainda há um ano era sem-abrigo.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Government of the Vatican City State

Adam Piekarski é um polonês de 42 anos que mora em Roma há seis. Dormia nas ruas até que um redentorista polonês, o padre Leszek Pyś, descobriu que pintava.

“Há mais de um ano, Pyś viu-me a desenhar e perguntou-me se eu poderia pintar um retrato para a sua capela, e foi assim que tudo começou”, disse Piekarski.

Rapidamente se espalhou a notícia de que as pinturas de Piekarski são peças de arte valiosas e, a 19 de Abril de 2021, o cardeal polonês Konrad Krajewski, o homem do Papa para actividades de caridade, ofereceu a Piekarski uma oficina no sótão do Palazzo Migliore, um palácio transformado em centro de acolhimento para sem-abrigo a poucos passos da famosa colunata de Bernini no Vaticano.

“Foi como um presente de aniversário, já que o meu aniversário foi um dia antes de entrar na minha nova oficina”, disse Piekarski ao Crux.

“Posso trabalhar e criar graças a boas pessoas”, disse. “Depois de dois pedidos iniciais, as pessoas começaram a vir e a pedir-me para pintar a família, os filhos e até os seus cães!”

No final da Primavera, chegou um pedido pontifício especial para pintar uma imagem para a série mundialmente famosa de selos festivos emitidos anualmente pelo Vaticano, que é conhecido este ano como "Natale MMXXI" ou "Natal de 2021”.

“Ainda é irreal para mim e ainda não acredito que esta honra seja minha”, disse Piekarski. “Sou um artesão simples e isto surpreendeu-me completamente”.

Piekarski disse que espera que a alegria não o domine.

“Não quero acabar em euforia, porque isso pode acabar mal para mim”, afirmou, explicando que é alcoólico.

“O vício ainda existe, e Satanás está a trabalhar arduamente para me levar a esses momentos de triunfo”, disse Piekarski. “Mas tento aguentar, o trabalho ajuda-me muito”.

Os dois selos que Adam pintou apresentam a Sagrada Família e os Três Reis Magos.

“É uma revolução no Vaticano que um sem-abrigo tenha pintado as imagens para os nossos famosos selos”, disse Krajewski ao Crux. “E pagaram-lhe bem!”

Os Magos pintados por Adam têm os rostos de homens sem-abrigo do Palazzo Migliore, o centro de acolhimento para sem-abrigo do Vaticano.

Piekarski disse que conhece bem esses rostos, já que ele mesmo viveu nas ruas por quase vinte anos.

“Eu estava a bater no fundo, pensei que rapidamente iria acabar com aquela vida miserável. Mas Deus tinha planos diferentes para mim e enviou o Padre Leszek, que me deu uma ajuda”.

“Algo morreu em mim naqueles anos nas ruas”, disse Piekarski, fazendo com que hoje só espere por um trabalho pacífico, e não esplendor, mesmo que o seu trabalho artístico se tornasse famoso.

“Não espero refazer a Capela Sistina”, disse. “Vou tentar simplesmente viver e fazer o meu trabalho”.

Artigo de Paulina Guzik, publicado no crux a 11 de Outubro de 2021.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Selos  •  Vaticano  •  Natal  •  Artistas  •  Sem-abrigo  •  Pintura
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui