Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o II Domingo do Tempo Comum - Ano C - 16 de Janeiro 2022

 

II Domingo do Tempo Comum

Ano C

«Abre os olhos…»

 

Como abrimos os olhos?
É um ritual tão intrínseco que não pensamos nem refletimos sobre este gesto.

Um olhar de ternura dá-nos esperança.
Um olhar de soslaio é sinónimo de reprovação.
Um piscar de olhos é sinal de engate.
Um trocar de olhos diz-nos: “Que pateta!”
Abrir bem os olhos espanta qualquer um!
Fechar os olhos é não querer ver…
Tudo o que somos é desvendado num abrir e fechar de olhos,
quando quem nos olha quer realmente ver-nos!

Hoje, no 2º domingo do Tempo Comum, Maria, a Mãe atenta de cada um de nós,
olha para uma Festa de Casamento, para a alegria das Bodas, com amor infinito!
Atenta, Nossa Senhora vai ter com O Filho:
«Não têm vinho» Como quem diz: perderam a alegria
O Filho vivia um momento de descontração e de partilha com os seus amigos.
Afinal a Sua hora ainda não tinha chegado…
Mas, Maria não desvia o olhar do que é importante e aconselha:
«Fazei tudo o que Ele vos disser». e o Milagre aconteceu!

O Vinho bom da nossa vida será servido no melhor da Festa.
Que no nosso coração habite o aconchego da promessa divina, de que jamais seremos abandonados.
Que o nosso peito albergue os dons do Espírito Santo.
Que o anúncio das maravilhas do Senhor seja edificado pelos nossos gestos diários.

Senhor, Criador da Vida,
revelaste à humanidade o Teu amor.
Em Jesus, O Filho amado e obediente de Maria,
encontramos a alegria mais pura da Aliança do sangue.
Com o Teu Santo Espírito,
somos capazes de servir diariamente e com alegria a Igreja.
Ajuda-nos, Bom Deus, a abrirmos os nossos olhos.
Ilumina as nossas escolhas com a Disponibilidade de Maria, Nossa Mãe.
Transforma as nossas dores e anseios em sinais de Esperança e Fé.
Que a nossa vida seja um eterno Milagre.

Onde há Amor, nascem gestos!

 

 

Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 27 Nov 2021
Crónica para o I Domingo do Advento . Ano C - 28 de Novembro de 2021
Olha para o Céu e coloca os joelhos no chão. Faz a tua oração em ação de graças,
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

 

 

I Domingo  do Advento . Ano C - 28 de Novembro de 2021

Ano C

«Germinar» 

Enquanto brotar da terra…
Enquanto o mar encher e vazar…
Enquanto o sol trocar de lugar com a lua…
Enquanto o homem e a mulher se unirem em amor fecundo e as crianças nascerem…
Deus vem e faz germinar a Esperança no Coração de cada um de nós!

Iniciamos um novo Ano litúrgico.
Abrimos os braços. Enchemos o peito com o ar frio do Outono.
Fechamos os olhos. Procuramos entender a linguagem do vento.
E… desejamos com todas as forças que o novo ano nos traga o alento que só Deus nos pode dar.

Hoje, o 1º Domingo do Advento, do Ano C, quer erguer a nossa Alma.
Jesus vem salvar-nos e pinta-nos um quadro assustador, para que das trevas mais negras, germine a nossa ténue luz.
Então… para que a Esperança, que carregamos no coração, se espalhe pelo mundo, o Messias alerta-nos:
«Tende cuidado convosco, não suceda que os vossos corações se tornem pesados pela intemperança, a embriaguez e as preocupações da vida…»

A certeza de que a Casa de David deu fruto é como um cachecol quentinho que nos aquece.
É Jesus, O homem que veio cumprir a promessa do Pai. É o rosto do Senhor do Universo.
Nestes dias, onde as preocupações são tão ocas e vazias, vamos acender as fogueiras do Amor?

A gestação do Messias no ventre materno está a acontecer neste preciso momento, no teu próprio ser!
Fecha-te aos sinais exteriores… às luzinhas coloridas e aos enfeites… às compras que tens de fazer…
Abre-te à Palavra Daquele que vem e te dará o Amor mais profundo.

Liberta a tua vida da escravidão do “ter de fazer para cumprir o ritual”.
Faz o que tens a fazer, porque te vem de dentro…
porque em ti germina o Amor mais belo plantado por Deus.

Lembra-te que os sinais mais certos a seguir habitam a Tua Alma;
salvam o irmão que anda perdido e cansado, à procura da força que o habita.

Olha para o Céu e coloca os joelhos no chão.
Faz a tua oração em acção de graças,
porque os tempos verdadeiramente confusos e tristes, ainda estão por chegar!
E permite que germine de ti o gesto concreto do Amar só por Amar!

A gestação do salvador depende de ti: germina!

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos