Arquidiocese

Semeadores de Esperança:
I Tema
(+info)

Desejo subscrever a newsletter do Arciprestado de Vila Nova de Famalicão
Arciprestado de Vila Nova de Famalicão | 16 Nov 2017
“Os Seminários precisam de ser causa e casa querida e estimada por todos nós.”
ARTIGO DO P.E MÁRIO MARTINS, EX-ARCIPRESTE DE VILA NOVA DE FAMALICÃO E ACTUAL REITOR DO SEMINÁRIO MENOR DE BRAGA, A PROPÓSITO DA SEMANA DE ORAÇÃO PELOS SEMINÁRIOS.
PARTILHAR IMPRIMIR

Não é por acaso que a Igreja dedica, anualmente, uma semana à causa dos Seminários. De facto, a Semana de Oração pelos Seminários, que este ano acontece, precisamente, ao longo desta semana, entre 12 e 19 de Novembro, pretende despertar-nos para a riqueza que os Seminários encerram no coração das diferentes dioceses, onde desempenham um papel único e insubstituível na formação de todos aqueles que se preparam para o sacerdócio, constituindo, assim, sinal de Esperança para a Igreja e para o mundo.

No presente ano, esta semana tem como lema a frase proferida por Maria no episódio das Bodas de Caná: “Fazei o que Ele vos disser” (Jo 2, 5). Com esta afirmação de Maria, Mãe de todas as Vocações, que conhece bem as nossas necessidades e limitações e que procura com o seu amor diligente garantir que nunca falte o vinho da alegria na festa das nossas vidas, somos confrontados com a certeza de que é em Jesus Cristo, no encontro íntimo com a Sua Palavra, que a nossa vida adquire um novo sentido e sabor, despertando para a verdadeira Esperança!

Ora, o Seminário é, precisamente, o tempo e o espaço privilegiados para que todo aquele que se sente chamado à vocação sacerdotal viva esse encontro com Jesus, que continua, hoje e sempre, a chamar. O Seminário é o tempo da escuta atenta e cuidada desse chamamento, em ordem ao discernimento vocacional; é o tempo de semear a Esperança, própria de quem se sente amado e chamado, que há-de brotar no vigor vicejante do serviço comprometido e da entrega apaixonada a cada irmão! A este propósito, importa citar as palavras de D. António Augusto Azevedo, Presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios, na mensagem que escreveu para esta semana, ao referir que “o Seminário é tempo de estar com Jesus e de aprender com Ele a viver no meio das realidades do mundo; é tempo para exercitar a escuta e aprofundar o discernimento acerca da vontade de Deus; é tempo de cultivar um coração dócil, livre e generoso para o serviço de Deus e dos irmãos; é tempo para descobrir o estilo mariano da evangelização que valoriza a proximidade, a ternura e o afecto”.

Na nossa Arquidiocese de Braga, as celebrações desta Semana de Oração pelos Seminários vão acontecendo, ano a ano, de forma rotativa pelos diferentes Arciprestados. Este ano é o Arciprestado de Vila Nova de Famalicão aquele que acolhe as diferentes iniciativas que procuram ajudar a melhor rezar e viver estes dias. Por isso, esta semana assinala-se, não só através de uma Vigília de Oração pelos Seminários, a realizar no dia 24, às 21h15, na Igreja Antiga Matriz de Famalicão, na qual todos estão convidados a participar, mas também por meio da presença dos Seminários Arquidiocesanos nas diferentes paróquias do Arciprestado, nos fins-de-semana que balizam esta semana. Esta presença concretiza-se através da visita às Catequeses da Adolescência, encontro com Grupos de Jovens, Catequistas e outros agentes de pastoral, assim como a colaboração nas Eucaristias dominicais, ajudando a que todos, particularmente os jovens em fase de discernimento vocacional, possam conhecer melhor a realidade dos Seminários e viver, por meio da oração, em comunhão com os mesmos.

 Deste modo, “Fazei o que Ele vos disser” não é uma interpelação apenas para aqueles que se formam e preparam para o ministério sacerdotal. Nossa Senhora dirige-se a todos os seus filhos, a toda a Igreja, a cada um de nós. Todos, sem excepção, enquanto discípulos missionários de Jesus, somos chamados a servir e a amar, através de acções concretas que convertem a nossa vida num testemunho fiel e autêntico do Evangelho. Por isso, durante esta semana somos convidados a intensificar a nossa oração pelos Seminários, particularmente pelos da nossa Arquidiocese de Braga, isto é, pelos seus seminaristas, mas também pelos seus formadores e por todos os que ali trabalham e colaboram.

Não descuremos este compromisso com a oração! Os Seminários precisam de ser causa e casa querida e estimada por todos nós. Afinal, o Seminário é esse colo em que a Igreja embala, cuida, proteja e alimenta as vocações sacerdotais… esse colo que é também talhado pelas mãos de todos nós… esse colo que é também aquecido pelo fervor da oração de todos nós.

Rezemos para que nos nossos Seminários se formem sacerdotes capazes de amar e servir, como Cristo, a Sua Igreja, para que as nossas vidas possam ser essa festa onde é servido o melhor dos vinhos e o nosso coração sempre se renove no encontro pessoal com o Senhor Jesus, convertendo a Palavra escutada na Palavra vivida e anunciada, que nos permite o desassombro de “esperar contra toda a Esperança” (Rm 4, 18)!

P.e Mário Martins

Reitor do Seminário Arquidiocesano de Nossa Senhora da Conceição

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Arciprestado de Vila Nova de Famalicão
Contactos